ESTRELA GUIA NF: REFLETINDO* A FAMÍLIA NOSSO COMPROMISSO...*

tetp

slide

Venham se cadastrar!

REFLETINDO* A FAMÍLIA NOSSO COMPROMISSO...*



A família
Gostaria de expor uma explicação que recebi,
mas quero pedir que não a tomem como
exprobação a ninguém.
É como aprendemos no espaço.
O homem deve viver aos pares.
Os animais superiores têm sexos diferentes:
masculino e feminino e, obviamente,
se assim é, há a necessidade da união de ambos
para que se multipliquem.
Devido à sua posição na escala animal,
o homem conseguiu já a par da simples união
com finalidade procriadora, estabelecer uma afinidade maior entre o macho, a fêmea e a prole. Como vêem, os termos que usei chocam um pouco. Então, é porque já deixamos de ser, realmente,
macho e fêmea. Somos homem e mulher,
o que significa que, moralmente, já evoluímos
e alcançamos o entendimento que, ao nos
acasalarmos (formar casal), estamos construindo, para nós, uma base espiritual muito sólida:
formando uma família
que poderá perpetuar-se através da eternidade.
Cada família que construímos é uma ampliação
da que já tínhamos. Dentro dessa família
reencarnam nossos amigos, nossos antepassados, gente nova vem se unir a ela e, com o tempo,
nós também nela voltamos, com
novo corpo, a renascer para novas atividades.
É muito importante a família.
Quero deixar bem claro que me refiro aos
sentimentos morais que motivam a união
de dois seres encarnados,
a fim de formarem uma família, conscientes das grandes responsabilidades espirituais que contraem.
No presente estágio espiritual, quando as provas e
resgates são mais prementes devido à pressa de se
apurarem as qualidades morais da humanidade,
ainda é a família o refúgio onde a criatura
poderá haurir forças.
Enquanto fui encarnado, amei minha pequena família. Tive mãe, pai, irmão. Tive vovó.
A todos recordo com amor e é por causa deles
que não esmoreço: foi por eles
que resolvi vencer, assim que desencarnei.
Lutei desesperadamente para poder transmitir-lhes
minhas mensagens de vida. Eu os amava e não queria que sofressem pensando que eu não mais existia.
Foi a força que minha mãe me deu nas orações que fez: que meu pai me transmitiu na sua dor; que meu irmão me fez sentir na saudade.
Essa é a família. Aquela com a qual se pode
contar em qualquer circunstância,
mesmo além da morte.
Espero ter dado uma idéia do que sentimos aqui,
como deve ser uma família: gente amiga acima
de tudo, jamais desamparando.
Tudo que falo ouço de meus mentores e, através
de meu sentimento, interpreto para a prima, que consegue me entender e com quem tenho missão. Somos, também, uma família espiritual.
Obrigado a todos os que me têm dado atenção e
se dignam considerar as palavras de um neófito
como eu. Um abraço aos meus amigos.
Permita deus que todos possam contar com a paz
e o oásis feliz de uma família.
Mensagem extraída do livro
Novas mensagens de
Luiz Sergio
Postar um comentário